Cidinha Campos volta a fazer rádio após derrota nas urnas.

Por: Luiz Dutra

A ex-deputada estadual Cidinha Campos retornou ao rádio após perder a eleição de 2018, obtendo apenas 31.265 votos. Sua atuação fiel ao ex-governador Sérgio Cabral e ao então todo poderoso presidente da Alerj Jorge Picciani e aos deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, foi o estopim para a deputada radialista perder a eleição.

Cidinha Campos em uma das campanhas nas ruas do Rio de JaneiroFoto: Divulgação

Ela foi um dos 39 parlamentares que votaram a favor da revogação da prisão dos deputados Picciani, Paulo Melo e Albertassi, à época investigados pela Operação Cadeia Velha pelos crimes de corrupção, associação criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O esquema criminoso contava com a participação de agentes públicos do poder executivo e legislativo, do TCE – Tribunal de Contas do Estado e empresários da construção civil e do setor de transporte.

Jorge Picciani sendo conduzido pela Polícia Federal na Operação Cadeia Velha Foto: divulgação

Os três deputados eram do PMDB, partido aliado ao PDT de Cidinha Campos, que chegou a ser nomeada para uma secretaria criada especialmente para ela: a de Promoção e Defesa dos Direitos do Consumidor, oferecido pelo então governador Sérgio Cabral.

QUEM TE VIU

Antes de entrar para a política Cidinha era uma defensora fiel dos cidadãos. Quando um político fazia algo que não vinha de encontro com o bem-estar da sociedade, ela caia de pau, sem dó nem piedade, usando o microfone de seu programa de rádio. Mesmo após ser eleita deputada federal pela primeira vez em 1990, a parlamentar continuou com seus discursos inflamados contra os maus políticos. Foi ela quem fez a denúncia contra a máfia que agia no INSS, caindo ainda mais nas graças do povo.

Cidinha recebendo Medalha Pedro Ernesto de Leonel Brizola. Foto: Blog da Cidinha

Cidinha conseguiu se reeleger com facilidade para a Câmara Federal em 1994, mas em 1998 decidiu se candidatar a deputada estadual, e foi eleita para ocupar uma cadeira na Alerj.

Como deputada estadual fez inflamadas denúncias na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, principalmente as contra o deputado José Nader que se auto indicou para uma vaga no TCE – Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

QUEM TE VÊ

Em seu último mandato (2014-2018) Cidinha Campos aliou-se politicamente ao grupo do Governador Sérgio Cabral e de seus fiéis escudeiros Jorge Picciani, Paulo Melo e Albertassi. Morria ali a sua postura fiel ao povo do Rio de Janeiro, que passou a vê-la como cumplice desses deputados integrantes de um grande esquema criminoso, onde milhões em propina foram desviados dos cofres públicos. Segundo investigação da Polícia Federal, o esquema criminoso investigado pela Operação Cadeia Velha levou o estado do Rio de Janeiro a deixar de arrecadar R$ 183 bilhões em tributos em cinco anos. A afirmação foi feita pelo delegado Alexandre Ramagem Rodrigues.

Jorge Picciani sendo conduzido pela polícia Federal

Em março de 2019 o Juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal condenou o empresário Jacob Barata, conhecido como o Rei dos ônibus, e mais 10 pessoas por diversos crimes apurados pela força tarefa da Lava jato na Operação Cadeia Velha. Além do empresário, também foram condenados o ex-deputado Jorge Picciani, seu filho Felipe Picciani, Lélis Teixeira, ex-presidente da Fetranspor, entre outras pessoas.

Juiz Marcelo Bretas. Foto: Youtube

Essa decisão do Juiz Marcelo Bretas ocorreu no mesmo dia em que o TRF-2 (Tribunal Federal da 2ª Região), condenou, com base na mesma investigação, o ex-presidente da Alerj Jorge Picciani a 21 anos de prisão, o ex-deputado Paulo Melo a 12 anos e 10 meses e Edson Albertassi a 13 anos e 4 meses de prisão.

O RETORNO

Cidinha Campos na Super Rádio Tupi – Foto Divulgação

Em janeiro desse ano Cidinha Campos voltou a comandar o programa “Cidinha Livre”, na Super Rádio Tupi, de segunda a sexta-feira, das 13 às 14 horas. No site da emissora, que fala sobre a volta da radialista, um texto explicativo diz: Cidinha Livre – exigindo justiça, sempre na luta e sabendo o que quer.

Leave a reply